Os estudos de gênero, ciência e tecnologia no Brasil: uma análise a partir de periódicos de gênero

Compartilhe!

O objetivo deste artigo é analisar como a temática Gênero, Ciência e Tecnologia vem sendo abordada por periódicos de gênero no Brasil. Os periódicos selecionados para este estudo são: Cadernos de Gênero e Tecnologia (Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR); Cadernos Pagu (Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP); Estudos Feministas (Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC) e Revista Feminismos (Universidade Federal da Bahia - UFBA). Foram considerados artigos publicados entre os anos 2000 e 2015, o que totalizou 1045 artigos. A partir de literatura da área definimos quatro categorias para seleção dos artigos a serem estudados: (a) histórica - na perspectiva de resgatar as mulheres pioneiras que historicamente produziram Ciência e Tecnologia (C&T); (b) sociológica - com escopo de analisar a participação das mulheres na Ciência e Tecnologia; (c) pedagógica - com objetivo de refletir sobre as desigualdades de gênero no ambiente escolar/acadêmico; (d) epistemológica - análise dos pressupostos da C&T e de um paradigma feminista para a C&T. A partir dessas categorias, foram analisados 43 artigos, com o objetivo de verificar as temáticas abordadas, os objetivos e principais resultados, bem como possíveis intersecções e tendências nesse campo de estudo.

Tipo de Documento: 
Instituição Editora: 
Associação Latino-americana de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia (ESOCITE); Universidade Federal do Paraná (UFPR); Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
Autor ou Criador: 
Lucas Bueno de Freitas
Citação: 

FREITAS, Lucas Bueno de; LUZ, Nanci Stancki da. Os estudos de gênero, ciência e tecnologia no Brasil: uma análise a partir de periódicos de gênero. In: JORNADAS LATINOAMERICANAS DE ESTUDOS SOCIAIS DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA, 21., 2016, Curitiba, Anais... Curitiba: Associação Latino-americana de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia, 2016. p. 1-12.

Ano de Publicação do documento: 
2016
Compartilhe!