O rei está nu, mas segue impávido: os abusos da bibliometria na avaliação da ciência

Compartilhe!

Apesar de pesadamente criticados, indicadores bibliométricos baseados na frequência de citações continuam sendo amplamente utilizados. Este texto apresenta de forma resumida as principais críticas a este tipo de indicador, apontando para sua inadequação e insuficiência para a avaliação da ciência, propõe algumas razões possíveis para a persistência no seu uso, encerrando-se com algumas reflexões visando à sua superação.

Tipo de Documento: 
Instituição Editora: 
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Autor ou Criador: 
Kenneth Rochel de Camargo Jr.
Citação: 

CAMARGO JUNIOR, Kenneth Rochel de. O rei está nu, mas segue impávido: os abusos da bibliometria na avaliação da ciência. Saúde & Transformação Social, Florianópolis, v.1, n.1, p. 03-08, 2010.

Ano de Publicação do documento: 
2010
Compartilhe!