Organizadores do II Colóquio de Análise de Redes Aplicada (CARA)

Compartilhe!


Acontecerá  nos dias 8 e 9 de novembro o  II Colóquio de Análise de Redes Aplicada (CARA 2016). Os organizadores do evento: Bruna Fonseca, Marcelo Gomes, Marcus Vinicius Silva e Ricardo Sampaio comentam sobre a importância desta inicitativa, como surgiu a ideia e como será o encontro. 

Observatório CTIS - Como surgiu a ideia de fazer um evento especificamente sobre redes?
 
Nós quatro, Bruna Fonseca, Marcelo Gomes, Marcus Vinicius Silva e Ricardo Sampaio (organizadores), temos formações muito diferentes (biologia, física, biblioteconomia e engenharia) e trabalhamos em unidades diferentes dentro da Fundação Oswaldo Cruz (CDTS, PROCC, COC e DIREB). A temática das redes foi o que nos uniu em projetos colaborativos, que agregaram muito mais valor a nossas pesquisas e resultados.
A criação de um evento que pudesse promover esses “encontros” interdisciplinares nos pareceu um passo natural para a difusão da análise de redes como elemento estratégico para a interpretação e compreensão de diferentes processos de interação.  
 
Observatório CTIS - Qual a importância de um evento como esse para a comunidade científica?
 
Não há outro evento sobre redes com este caráter multidisciplinar no país. Durante o CARA, a comunidade científica terá a oportunidade não só de discutir avanços na aplicação da análise de redes, mas de vislumbrar a incorporação desse recurso e conhecimento a projetos atuais e futuros.
 
Observatório CTIS - Vocês poderiam destacar alguma palestra ou palestras da programação?
 
É difícil destacar este ou aquele tema, pois a seleção dos palestrantes foi um processo intensamente debatido entre nós. Nossa intenção era de que o evento trouxesse as múltiplas aplicações da análise de redes e acreditamos que a escolha dos temas e palestrantes representa bem essas diferentes perspectivas. Teremos especialistas nacionais e internacionais nas áreas de redes biológicas e doenças infecciosas, redes interpessoais e sociais, redes de colaboração em ciência e tecnologia e redes para apoio à gestão.
 
Observatório CTIS - O Colóquio é um evento interdisciplinar. Por que reunir profissionais de diferentes áreas para falar sobre o tema das redes? Como essa interação pode ajudar na pesquisa?
 
A interdisciplinaridade é cada vez mais requerida para resolver problemas complexos. Cada disciplina traz sua experiência e sua perspectiva para tratar de temas que seriam incompletamente analisados sob o prisma de apenas uma área do conhecimento. O trabalho sobre redes por si só já estimula essa interação e requer colaboração frequente. Criar redes de pesquisa eficientes e sustentáveis é essencial para otimizar os esforços e recursos da pesquisa, evitando problemas de sobreposição de projetos e pulverização de recursos.
 
Observatório CTIS- Porque as pessoas deveriam participar dessa edição do CARA?
 
A participação no CARA incentiva o trabalho em rede e a formação de novas redes de pesquisa. Além de conhecer mais sobre as pesquisas recentes na área de redes, o participante terá a oportunidade de interagir com pesquisadores nacionais e internacionais, estabelecer novos contatos e prospectar aplicações da análise de redes em sua própria realidade, seja ele pesquisador, estudante, profissional ou gestor.
 
Observatório CTIS - Quando e onde será o evento?
 
O CARA 2016 acontecerá nos dias 08 e 09/11, na Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. As inscrições são gratuitas e estão abertas para todos os interessados em conhecer ou aprender um pouco mais sobre esse tema. Para mais informações, os interessados podem visitar o site: http://cara2016.fiocruz.br/.
 

Tipo de em foco: 
Compartilhe!